Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Garças boieiras na Veiga de Areosa / Gansos de faces brancas (Branta leucopsis), na Veiga de Afife

Garças boieiras na Veiga de Areosa / Gansos de faces brancas (Branta leucopsis), na Veiga de Afife

 

 

Nos últimos meses a APCA - Associação de Protecção e Conservação do Ambiente, no âmbito das actividades de monitorização dos Habitats do Litoral Minhoto, tem observado e registado a presença de diversas aves pouco habituais ou mesmo raras nestas paragens, particularmente, na Área de Emparcelamento das Veigas de Afife, Carreço e Areosa. Entre as aves observadas destaca-se a presença, nos últimos três meses, de seis gansos de faces brancas (Branta leucopsis), na Veiga de Afife e bandos de garças boieiras (Bubulcus ibis) na Veiga de Areosa.

Salienta-se que o ganso de faces brancas (Branta leucopsis) é oriundo do árctico caracterizando-se pela combinação de branco, preto e cinzento na plumagem. Apresenta patas e bico pretos, enquanto que a face é branca, com tonalidades beges, o pescoço e o peito pretos e os flancos cinzentos. Esta espécie no inverno, habitualmente, fica pela latitude da Irlanda / Escócia ou Alemanha / Holanda, sendo muito rara a sua presença na nossa latitude. Salienta-se que durante um longo período, os seis exemplares mantiveram-se na freguesia de Afife, deslocando-se ao longo do dia entre os prados da Veiga das Cangosas e a Foz do Rio de Afife. Assinala-se que a última observação de um ganso de faces brancas na região ocorreu no dia 24 de Novembro de 2002, no estuário do Minho.

Os registos demonstram que a garça-boieira (Bubulcus ibis) raramente era observada entre os rios Minho e Douro, todavia nos últimos dois anos, particularmente, nos últimos meses tem sido possível observar diversos bandos desta espécie na Veiga de Areosa. Trata-se de uma garça de média dimensão, com a plumagem quase totalmente branca, com manchas alaranjadas no dorso e na coroa, sobretudo durante a época de reprodução. As patas são pretas, tornando-se alaranjadas na época de criação e o bico é amarelo, passando a alaranjado na Primavera. Durante a época dos ninhos ocorre principalmente a sul do Tejo e na Beira Baixa, observando-se as maiores concentrações nas zonas das colónias, mas a partir do final do Verão, de acordo com os registos, pode ser observada com bastante frequência na Beira Litoral e, ocasionalmente, no norte do país até ao rio Douro. No sul de Portugal é a mais terrestre de todas as garças, surgindo muitas vezes longe de água, associada ao gado bovino, equino e ovino ou acompanhando as máquinas agrícolas, trata-se de uma fiel acompanhante do gado bovino, podendo ser vista com frequência nos campos, procurando alimento entre aqueles animais.

Entendeu-se por bem fazer este comunicado devido a diversas pessoas terem contactado a APCA no sentido de nos alertarem para a presença das aludidas aves, aproveitando-se a oportunidade para agradecer esta preciosa colaboração, mas também para alertar os organismos competentes, em razão do lugar e da matéria, para a importância da salvaguarda e protecção destes habitats litorâneos, concretamente no que concerne à interdição da caça e controlo de actividades, uso e ocupação do solo que possam implicar a degradação ou destruição destes habitats. Salienta-se, ainda, a importância destas observações enquanto indicadores biológicos relativamente a alterações climáticas em curso.

 

Afife, 18 de Fevereiro de 2009                                                 A  Direcção da APCA

 

publicado por afifeambiente às 20:21
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De shiver a 1 de Novembro de 2009 às 15:05
Sabem dizer-me se as garças ainda andam por aí?
Parabéns pelo blog.


De xonibrasa a 18 de Março de 2010 às 22:07
Sim ainda estão presentes em toda a Área das veigas de Areosa Carreço . Mas Saliento a presença cada vez mais elevada de Garças Reais.


De shiver a 18 de Março de 2010 às 22:09
Obrigada pela informação. E os gansos ainda andam por aí?


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. A Floresta deve ser motiv...

. ARROJAMENTO DE DOIS CETÁC...

. ARROJAMENTO DE BALEIA EM ...

. DIA MUNDIAL DO AMBIENTE

. Associação de Protecção e...

. NOVO ARROJAMENTO DE GOLFI...

. GOLFINHO E TARTARUGA ARRO...

. ...

. O ambiente no Minho

. Agricultura, Floresta, Á...

. Quem salva o rio do Pego ...

. Quem salva o ambiente no ...

. As Eternas Esquecidas Zo...

. Poluição da água e degra...

. Polícia Marítima de Viana...

. GOLFINHO ARROJADO EM AFIF...

. Protagonismo político à c...

. Radiação Ultra Violeta El...

. Moinhos seculares de Afif...

. Qual será o futuro ambien...

. GOLFINHO E TARTARUGA ARRO...

. As comemorações devem ser...

. Quem salva os ouriços do ...

. Quem salva os seculares m...

. Polis do Litoral, mas sem...

. Cividade de Afife – Âncor...

. Estado da Mamôa da Ereira...

. DIA MUNDIAL DO AMBIENTE

. EM ABRIL QUATRO GOLFINHOS...

. O Dia da Terra e o 25 de ...

. Cegonhas brancas em Santa...

. Dia da Floresta, um mero ...

. Garças boieiras na Veiga ...

. Dia Mundial do A...

. Sr. Presidente da Repúbli...

. Prossegue a Morte de Golf...

. AGUAS RESIDUAIS DA ESTAÇÃ...

. Dia Mundial da Água e a “...

. DIA MUNDIAL DA FLORESTA

. A Criação de uma Reserva ...

. Golfinhos continuam a mor...

. Violação da Reserva Ecoló...

. MARÉ NEGRA NAS PRAIAS DE ...

.arquivos

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Junho 2013

. Março 2013

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.favorito

. ARROJAMENTO DE BALEIA EM ...

. DIA MUNDIAL DO AMBIENTE

. Associação de Protecção e...

. NOVO ARROJAMENTO DE GOLFI...

. GOLFINHO E TARTARUGA ARRO...

. ...

. O ambiente no Minho

. Agricultura, Floresta, Á...

. Quem salva o rio do Pego ...

. Quem salva o ambiente no ...

blogs SAPO

.subscrever feeds